13 de fev de 2012 | By: @igorpensar

A Razão e o Leproso


Por Igor Miguel

Quem disse que a razão é aquela que os da razão nos ensinaram?  Na arte da dúvida vendaram-se à própria dúvida.  Ao questionarem os ditos verdadeiros, ditos pelo mundo cristão pré-moderno, vedaram-se dogmaticamente a seu próprio discurso do método.

Tudo bem, você pode perguntar, mas qual é a razão?  Há muitas, mas te convido a experimentar a plausibilidade de um linguagem, de um mundo de sentido surpreendente.  Me refiro ao que o escritor e filólogo inglês J.R.R. Tolken chamava de eucatástrofe: um evento catastrófico com efeitos benéficos.  Sim, a eucatástrofe da inocência crucificada e violentada por amor.  Indignação?  Se uma criança morta evoca nosso desconforto e senso de justiça, o que dirá a morte do mais inocente entre todas as crianças, o primeiro objeto de amor mesmo antes de haver mundo criado.

Respeito tua jornada espiritual e tuas peregrinações.  Sei que flertas com o mistério e a transcendência, mas ainda não tivestes a coragem necessária de pensar na possibilidade de uma fé que não é sua imagem e semelhança.  Ela é precisamente uma contradição a suas ambições, é a negação de seu frágil e enganoso senso de justiça.

Ontem ouvi um sermão despretensioso, modesto e denso. Ouvi falar de um leproso marginalizado, vestido de trapos e mau-cheiroso, seguido por sinos e arautos que anunciavam, "-- Leproso! Leproso!", para que os transeuntes se retirassem de seu caminho e se afastassem daquele ser disforme e desumanizado por sua doença.

Tal leproso, o homem que contagia e enferma, se encontrou com o mancebo de Nazaré, portador dos saberes mais fascinantes e da palavra que tudo sustenta.  Se dirige a ele, Jesus, portando um corpo frágil e de gente, dizendo-lhe: "-- O que queres que eu te faça?".  Surpreendente resposta veio da boca necrosada: "-- Se quiseres, podes me curar!".

Pobre e rico leproso, até suas palavras eram dádivas.  Sim, Ele quer.  Jesus quer te curar e fazer recuar a morte que te devora, Ele é o Senhor da ressurreição, o Senhor que venceu a morte.  Que tua pele envelhecida precocemente e tua idade acelerada, regrida.  Ele expandiu tua linha de vida, ampliou os horizontes de tua existência e te deu pele de criança.   

Ele não espera que chegues curado a Ele, mas que a Ele te chegues para seres curado.  O Logos, a Palavra e o Verbo que anima, reaviva e ressuscita.  Eis o sermão de ontem, hoje e amanhã.  Eis a Razão que dos púlpitos se escuta.  A Razão está lá, no encontro entre Jesus e o leproso.  E adivinhe quem é o leproso? Sim, Ele pode te curar.

4 comentários:

Roberto Vargas Jr. disse...

Ah, Igor, anseio pelo papo face a face que podemos ter!
Que o Senhor te abençoe e te guarde, meu mano.
NEle,
Roberto

@igorpensar disse...

Obrigado Roberto!

Teremos este dia. Ainda estás pelo Sul?

Roberto Vargas Jr. disse...

Oi, Igor.
Sim, estou por aqui. Se tiver qualquer plano de vir para a Serra, dê um toque. Temos um quarto de hóspedes ao dispor aqui.
E, bem, ainda quero participarde algum evento do L'Abri e visitar o pessoal de BH. Está aí, não?
NEle,
Roberto

Rodrigo Rocha disse...

sola gracia !