13 de abr de 2012 | By: @igorpensar

Insolência Histórica

Por Kevin DeYoung 
Fonte: Por que amamos a Igreja de Kevin DeYoung & Ted Kluck. Ed. Mundo Cristão.

C.S. Lewis é famoso por muitas coisas, entre elas por cunhar a expressão "esnobismo cronológico". A frase se refere à tendência extermamente comum entre cristãos de rapidamente descartar o que é antigo e automaticamente abraçar o que é novo. Temos a tendência de pensar que nossos problemas são originais e que nossa situação é singular. Somos modistas e seguimos as tendências -- ignorantes de nossa própria história, odiosamente desdenhosos das práticas de nossos pais e mães espirituais e facilmente enganáveis. [...] Pagan Christianity?*, assim como o restante da literatura restauracionista, está cheio de insolência histórica. É certo que os tradicionalistas têm seu próprio orgulho -- orgulho das tradições, da ordem e de uma dezena de coisas, tenho certeza. Mas é uma fonte extremamente comum de orgulho entre algumas linhas evangélicas pensar que eles serão os primeiros a se libertar de todas as manchas da história e voltar diretamente para o I século. (grifo nosso).

*Livro restauracionista de Frank Viola e George Barna, traduzido para o português com o título de "Cristianismo Pagão?".

___
Kevin DeYoung é pastor senior da Igreja Reformada Universitária, em Michigan.  Bacharel pelo Gordon-Conwell Theologica Seminary é autor de vários livros, entre eles Why We Are Not Emergent. Kevin é casado com Trisha e tem três filhos.  DeYoung mantém um blog indexado ao Gospel Coalition que pode ser acessado aqui: http://thegospelcoalition.org/blogs/kevindeyoung/

0 comentários: