19 de nov de 2014 | By: @igorpensar

Justiça e Igualdade

Um conceito de justiça baseado em uma percepção distorcida de igualdade pode ser desumanizadora. Igualdade associada a uma espécie de homogenização ou superação das diversidades pode levar ao coletivismo ou à massificação (presente em experiência políticas hegemônicas). Por outro lado, uma conceito de justiça baseado na ideia de que "os homens são igualmente diversificados" pode levar a uma hiper-subjetivação, que resultará em fragmentação e atomização social (presente em fenômenos sociológicos pós-modernos). Em outras palavras, ocorrerá o enfraquecendo dos vínculos comunitários e a perda de senso de pertencimento. Mais uma vez, a visão de mundo judaico-cristã oferece um importante subsídio sociológico quando afirma a natureza trinitária de Deus, e que o homem foi criado à imagem desta "comunidade divina", superando as distorções coletivistas e/ou individualistas. Se assim for, deveríamos levar a sério a relação entre teologia, cosmologia, sociologia, cultura e política.

0 comentários: