7 de ago de 2014 | By: @igorpensar

Que inferno!

Seres humanos são obstinados por criar ou desejar um mundo ou uma realidade onde Deus não está lá. Um lugar onde não é preciso dizer "seja feita a tua vontade". Por enquanto, desfrutam de uma vida onde Deus ainda está presente, apesar do esforço coletivo em ignorá-lo. Porém um dia, salvo se não forem alcançados pela graça, terão o que sempre desejaram: uma realidade onde Deus está ausente. A este lugar damos o nome de inferno.

2 comentários:

Andrias Silva disse...

Ouvi um sermão uma vez, acho que foi do Tim Conway, onde ele diz que este é um ledo engano. O inferno não é um lugar onde Deus não está, mas o lugar onde a ira de Deus será manifestada. Podemos dizer que é um lugar onde a graça estará ausente, mas não acho mesmo coerente para um Deus onipresente não estar em algum lugar.

@igorpensar disse...

Pois é Andrias, sabemos da amplitude e onipresença de Deus. Entretanto, refiro-me a uma noção trazida por Tim Keller em seu livro "Fé na Era do Ceticismo", onde se refere ao inferno como uma realidade em que as benesses do governo de Deus estão ausentes. Uma realidade onde os homens não desfrutaram da graça. Obrigado pelo comentário.