6 de set de 2010 | By: @igorpensar

Mano Véio

Por Igor Miguel

Legenda:
E: Evangelista
J: Jovem Pós-Moderno


E: - Qual é maluco? Tudo bem?
J: - Qual é! Só...
E: - Mano. Tenho uma coisa punk pra te falar. Cê tá ligado?
J: - Só véio. Pode mandar ver!
E: - Véi. Você já se ligou sobre o sentido de sua vida cara? Por que você faz o que faz?
J: - Ah... sei lá! Porque é uma curtição... É bom curtir a galera. Pegar umas menininhas. Sacou?
E: - Saquei. Mas... "é bom" em que sentido? Como assim, "bom".
J: - Cara, é bom véio. Fala que você não acha bom?
E: - Mas e aí? Você se sente realmente legal com isso? Você não acha que tem um lance além disso?
J: - Cara, sei lá. Só sei que é bom curtir.
E: - Beleza cara. Você já imaginou perguntar para um canário em uma gaiola o que ele acha de sua vida? Vamos chutar. O que você acha que ele responderia se pudesse?
J: - Sei lá. Tipo... Me tira daqui!!!
E: - Cara, eu acho que não. Acho que o canário diria algo como: - Cara isto aqui é a maior curtição. É muito bom ficar aqui. Tem comida toda hora, água fresca, tem até uns poleirinhos que fico pulando de um lado e pro outro. Eu canto, sinto o vento as vezes, vejo outros caras cantando lá fora. Mas, eu curto. Tá bom aqui. É legal.
J: - Pô véio! Que canário burro! Tem mó ar livre lá fora, ele pode curtir a vida, voar pelo mundo todo. Achar comida por aí numa boa.
E: - Pois é meu véio. O que achamos que é liberdade, nem sempre é liberdade. Ficamos tão distraídos com "poleiros", "comida" e "água", que esquecemos que estamos em uma gaiola, e achamos isto é a maior curtição. Estamos tão distraídos com a galera, a balada e a mulherada, que esquecemos que há liberdade lá fora. Que há vida além das grades da gaiola.
J: - Como assim?! Me fala mais sobre isso!
E: - Mano. Nós homens somos avacalhados por completo. Somos idiotas e vivemos o tempo inteiro arrumando um jeito de nos distrair e não tratarmos com a sujeira que escondemos debaixo do tapete. Tá ligado? E o tapete é a distração, a curtição. Todos os dias arrumamos um monte de distrações para não encararmos nosso fedor. E ficamos como micos amestrados, canários na gaiola, hamsters na rodinha, achando que aquilo é a maior liberdade, quando é a maior estupidez. E ainda por cima, nos achamos descolados. Isto é muito tosco véio, muito tosco.
J: - Mas, o que a galera maloca [esconde]?
E: - Cara. Geral esconde o pecado, a sem-vergonhice e a sujeira. E isso tem uma raiz. Se a gente não encara esta parada malocada da forma que ela é, vamos viver o resto da vida nesta ilusão, achando que é malandro, mas é uma pilantragem geral.
J: - Eu não tenho nada disso não mano véio, aqui, to de boa, to limpo!
E: - Tá de boa nada! Você é igual a mim, você não é melhor do que eu, somos todos um bando de vacilão. Tá ligado? E só tem um jeito de resolver esta parada. Você fraga?
J: - Não. Qual é desta parada?
E: - Cara. Jesus Cristo foi um judeu dá pesada. Ele é diferente da turma de sua época. Ele era um cara que sabia viver de uma forma, que a galera o cercava para saber quem era aquele filho de carpinteiro. Ele sempre dizia o que ninguém esperava. Sempre vivia fora do sistema, fora do que os alemão queriam. Jesus era tão brother, tão brother. Mano, ele amava tanto a galera, que Ele morreu pelo homem, sem culpa alguma, só pra denunciar, eliminar, tudo aquilo que caras como eu e você fazemos.
J: - To chocado!
E: - Pois é cara. Se liga só. E a parada é que Ele morreu na cruz e surpreendeu todo mundo com sua ressurreição. Mano, Jesus apareceu pra uma turma da pesada, os caras se arrependeram, por terem deixado ele na mão, e ainda falou com o dedo-duro de um de seus brother, um mano véio chamado Pedro, geral se arrependeu. Cara, a turma vibrou tanto com sua ressurreição, aquilo foi tão forte, que a galera quis viver aquele estilo de vida. Descobriram que eram "canarinhos distraídos" e saíram pelo mundo vivendo aquele barato para além da gaiola, ensinando mais gente a respeito disso.
J: - Que doideira esta lenda!
E: - Pois é. Muita gente diz que é lenda. Geral tenta negar isto. Mas, se quer saber... Quando a gente entende esta história, parece que alguma coisa na gente diz que é verdade. Alguma coisa queima no coração e começa mostra nossa condição suja. Aí véio, a única opção é se arrepender de verdade. É admitir que pecamos mesmo, que somos fanfarrões mesmo, e que sem Jesus, sem o que ele fez por nós, sem o amor dele, nós estamos na lama! Do contrário, vamos viver na gaiola. Tá ligado?
J: - Então o que faço cara? Me ajuda aí!
E: - Arrepende véio! Arrepende! Admite que você tá perdido! Admite, que você quer ser livre. Que Jesus Cristo faz sentido e que você quer ajuda. Você quer o amor dEle, a graça dEle. E pula pra dentro! Deixa Ele cuidar de você.
J: - Cansei véio. Quero uma nova vida. Quero mudar cara! Quero mudar...

"Se, com a tua boca, confessares Jesus como Senhor e, em teu coração, creres que Deus
o ressuscitou dentre os mortos, serás salvo."

(Carta de São Paulo aos Romanos - Capítulo 10, verso 9).

17 comentários:

Anônimo disse...

o maluco .nao adianta tu querer aceitar a Jesus...tu não foi predestinado a salvação tu já era..

A Coisa Principal disse...

Igor mó viagem ae! Muito bom a interpretação e adaptação do texto de Romanos; Isto seria a Romanos na linguagem de hoje? Não sei se você conhece ebonics, aquele "dialeto" que os negros americanos falam, quando ainda morava lá eu ficava imaginando como seria os evangelhos em Ebonics:"So Jesus appeared to the disciples and said: "Wassup ? How's going bru!" It woul lbe something like that. rsrsrssr abraços e bom texto.

@igorpensar disse...

Prezado "anônimo",

Eu entendi seu tom de ironia e me permita uma resposta com um tom mais claro e objetivo. Seria uma honra saber a quem dirijo minhas palavras, mas você optou pelo anonimato. Eu o respeito por isto, apesar de não entendê-la. Afinal, o que te faz optar pelo anonimato? O que temes?

O juízo sobre quem é predestinado ou não, não nos compete. Este decreto pertence ao Senhor segundo o beneplácito de sua vontade amorosa (Ef 1). Eu prego o evangelho a toda criatura indistintamente pois é ordenança de Cristo e não resisto não falar daquilo que me alcançou com tão grande e misterioso amor. Observe o tom bíblico de minhas palavras e o tom não bíblico de suas, quando usa o verbo "aceitar Jesus", verbo nunca usado no Novo Testamento, mas frequentemente usado por quem ainda acha que é a autonomia humana quem salva. Eu insisto que "a salvação pertence ao Senhor" (Jonas), que uma leitura honesta de Romanos 9 e João 15, 16 e 17, deixa isto claro. Estranho como evangelistas como Charles Spurgeon, Johnatan Edwards e George Whitefield. Eu mesmo não me julgo eleito, mas sou movido por evidências e pela esperança da minha eleição. A eleição não é uma doutrina para orgulhosos, mas para pessoas que temem e tremem diante de tão grande ato de generosidade.

A resposta do "Mano Véio" é a mesma resposta dos gentios eleitos de Antioquia:

"Porque o Senhor assim no-lo determinou: Eu te constituí para luz dos gentios, a fim de que sejas para salvação até aos confins da terra. Os gentios, ouvindo isto, regozijavam-se e glorificavam a palavra do Senhor, e creram todos os que haviam sido destinados para a vida eterna. E divulgava-se a palavra do Senhor por toda aquela região." (Atos 13:47-49).

Pense nisso!

@igorpensar disse...

Olá mano Carlos!

Pois é cara, conheço pouco do 'ebonics', mas ficou ótimo sua versão. Penso que é necessário uma contextualização do evangelho para determinados públicos. Algo que os reformados chamariam de "acomodação", a linguagem precisa ser adaptada para determinados públicos. Uma verticalização do evangelho.

Que bom que vc gostou!
Abraços mano véio!

Mara Varjão disse...

Muito BOM Igor!!!!
Eu me encanto com pessoas que se importam a tão ponto com outras pessoas que se inclinam só para que os pequeninos possam experimentar desta Maravilhosa Graça que nos deixa sem palavras diante do Pai, sem ação diante da ação dele de nos transportar das trevas para sua Maravilhosa Luz...Deus abençõe e guarde vc e a Juliana Ele nunca os deixará !!! Abraços

Anônimo disse...

Shaná Tová Umetuká 6771 forá da gaiola, vivendo na plenitude do evangelho do Messias.
Muito massa essa mensagem, permita-me repassá-la.
Abraços,
Maurílio Appolonio.

Anônimo disse...

Um dia para Deus é como mil anos, mais retificando 5771, Shaná Tová.
Maurílio.

@igorpensar disse...

Amém Mara... esta é nossa caminhada. Tornar Cristo relevante para as diversas dimensões culturais. Não tolerar a boa-nova restrita ao universo do templo, mas traduzi-la em termos que todas as línguas, "tribos" e nações, possam compreendê-la.

Bjs!
Igor

@igorpensar disse...

Maurílio,

Obrigado! Shaná Tová Umetuká Lechá Gam!

Igor

victor disse...

Não sou adepto à predestinação. Minha linha de pensamento é outra, mas acho ridículo pessoas virem anonimamente com ironias baratas para contra argumentarem. Se é contra, dê a cara à tapas e argumente.

Curti o texto, cara. Continue produzindo e não dê ouvido a anônimos. hehe. É "nóia", mano véio!

abraaz

@igorpensar disse...

Pois é Vitão,

Eu me alinho à teologia reformada e sua abordagem sobre a eleição, porque é a única que explicou problemas com a doutrina da salvação metodista que recebi. Não sou do tipo "calvinista chato" que fica no pé, como se a fé cristã se resumisse nisto. Sou mais neo-calvinista do que calvinista escolástico. Para mim, admitir a soberania de Deus tem implicações enormes, para além da salvação individual. Não faço polêmica sobre o assunto, não quero entrar na polarização do debate, isto não me interessa. Só quero apresentar os motivos porque esta abordagem me colocou no meu lugar e Cristo no dEle - como Senhor.

O anonimato é irritante...

Abraços,
Igor

victor disse...

Cara, pra mim esse detalhe não interfere muito contanto que a Palavra seja nosso norte e não julguemos as pessoas (como o anônimo fez) dizendo "esse é salvo, esse não". Nosso objetivo é o msm. Pra que ficar se agredindo?

ps: cara, poste mais aqueles estudos de quebrar a cabeça que vc faz. estou sentindo um pouco de falta deles. hehehe.

Abração

Rodrigo Rosa disse...

E aí mano Igor! Geral curtindo! rsrsrs

Bacana o texto. Precisamos entender que estamos dentro desse mundo maluco. O universo Cristão está precisando de um pouco de humanidade. Estão criando pessoas alienadas do mundo. Viver a presença do Espírito na realidade do meu dia-a-dia tem sido o início de minha adoração. E te digo como tem sido difícil sair o lugar comum, da zona de conforto.

Estamos no mundo mas não somos desse mundo! Ou seja, ou façamos a diferença, ou... façamos a diferença! Nesse aspecto não temos escolha. Alienarmos do mundo é negar ao próprio Deus e o significado da morte de Seu filho!

Quer ser salvo? Arrependa-se!!!

@igorpensar disse...

Fala Vitão...

Que tipo de artigo vc chama de "quebrar a cabeça", he he he?

Rodrigo é por aí. Não podemos aceitar a imposição secular que procura segregar os santos às paredes de um templo. O local de culto, importante pois reúne os santos. Mas, os santos se reúnem para buscar orientação e inspiração pelos meios de graça: a palavra, a oração comunitária, os sacramentos, para se lançarem no mundo, afirmando a relevância atemporal de Cristo.

Abraços!

victor disse...

pelo e-mail =)0

Aíla disse...

Mó legal, véi, se liga nessa parada, tipo assim o template mó legal tamém :D

Rodrigo Rosa disse...

Igor, tenho lido nessa semana a repeito de como os governos desse mundo tem tentado institucionalizar o pecado. Liberação do aborto, protecionismo à homosexualidade dentre outras coisas. Incluo aí a repercursão sobre o posicionamento do Pr. Paschoal Piragine Jr contra o partido do governo. http://www.youtube.com/watch?v=ILwU5GhY9MI (o partido do governo quer processá-lo agora).

Percebo como os ditos cristãos não tem conseguido conversar sobre esses assuntos. Política é tabu na igreja de hoje. Só se vota nos candidatos da igreja, como uma transferência de responsabilidade. "Eles sabes como pensamos então que se virem lá para fazer valer meu voto!" E quando assustamos defendemos posições radicais, tardiamente e sem muito argumento.

É muita gente olhando para o próprio umbigo. Aquela alienação que disse anteriormente traz consequências muito graves. Uma igreja que só sabe conversar no espelho. Não se interage com o todo. Faz falta aquela Cosmovisão que você tanto fala.